Reforço na segurança

Motocicletas e Delegacia Móvel darão, às polícias Civil e Militar, melhores condições para uma resposta mais ágil à comunidade|Karlos GeromyMotocicletas e Delegacia Móvel darão, às polícias Civil e Militar, melhores condições para uma resposta mais ágil à comunidade|Karlos Geromy

Um importante foco da gestão do governador Flávio Dino é o investimento na segurança pública, que passa pela valorização do efetivo, aquisição de equipamentos e estruturação dos órgãos. Com objetivo de equipar ainda mais as polícias e garantir a segurança do cidadão, na manhã desta terça-feira (7), no Palácio dos Leões, mais uma etapa deste projeto foi cumprida com a entrega de veículos para as polícias Civil e Militar.

Foram 100 motocicletas que serão utilizadas pela Polícia Militar e uma Delegacia Móvel, que servirá a Superintendência de Combate a Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) da Polícia Civil. Os veículos vêm somar no reforço ao aparelhamento da Polícia Civil que vem sendo promovido pelo governo do Maranhão, desde o início da gestão Flávio Dino.

“Vamos ampliar a capacidade e a eficiência da resposta da Segurança às demandas com o que estamos fazendo, investindo em equipamentos, valorizando o efetivo, realizando concurso público e adquirindo viaturas, coletes e armamentos. Dotando as polícias para que possam trabalhar com todas as condições”, disse o governador Flávio Dino. Na ocasião, o governador realizou a entrega simbólica das chaves dos veículos aos representantes da Polícia Civil e Militar.

O governador pontuou que a estratégia das ações para o setor tem sido combinar ações preventivas e repressivas realizando adequações táticas. “A delegacia móvel e as motos que serão utilizadas como viaturas são exemplos destas adequações, para que não tenhamos uma resposta tardia aos ilícitos”, reiterou. Flávio Dino acrescentou ainda que, mesmo diante das dificuldades do país – econômicas, financeiras, políticas e sociais – “cabe à gestão levar melhorias à sociedade”.

“São dois importantes equipamentos de alta relevância para a investigação e repressão qualificada de crimes. Serão atendidos os casos de acordo com a cronologia. Quando ocorrer a equipe de plantão vai até o local”, ressaltou o secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, sobre os novos veículos.

Portela reiterou que essas motos possibilitarão a intervenção militar a crimes cometidos neste tipo de veículo. “Com isso, o Estado se antecipa fazendo a captura destes criminosos nos mesmos tipos de veículos utilizados por eles”, reiterou. As motos serão utilizadas pela equipe do Batalhão Tiradentes da Polícia Militar.

Os policiais que vão trabalhar nas motos receberam treinamento específico de técnicos da polícia de São Paulo para atuar neste tipo de veículo com fins de policiamento. O secretário Jefferson Portela destaca que difere da pilotagem comum, sendo estes preparados para a zona urbana e rural e com todas as técnicas para conduzir a instrução policial deste meio.

“A moto é um equipamento que traz mais agilidade ao policiamento e é extremamente significativo para somar aos investimentos do governo na corporação e agilizar ainda mais o atendimento às ocorrências”, destacou o comandante-geral da PM, coronel Frederico Pereira. Ele ressaltou ainda que os veículos serão utilizados para combater os assaltos em motos e também os roubos deste tipo de veículo.

“O imediatismo desta coleta vai aumentar a resolutividade dos casos. O projeto do governador Flávio Dino é que outros municípios tenham uma delegacia móvel. O objetivo é melhorar a qualidade do serviço oferecido ao cidadão”, enfatizou o delegado geral de polícia Civil, Lawrence Melo.

O superintendente de Combate a Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), delegado Leonardo Nascimento Diniz destacou que o local do crime para a investigação de homicídios é essencial e com este veículo as equipes terão maior alcance para colher interrogatórios e formular os inquéritos com maior agilidade. “Agora esperarmos duplicar o índice de resolução dos casos com este reforço”, disse.