“Dandão” é, segundo a polícia, um dos maiores arrombadores de carros da Grande São Luís|Divulgação/PC“Dandão” é, segundo a polícia,
um dos maiores arrombadores
de carros da Grande São Luís|Divulgação/PC

Citado pelas polícias Civil e Militar como um dos maiores arrombadores de veículos da região metropolitana de São Luís, José Raimundo Vieira de Oliveira, de 37 anos, foi abordado, na manhã de ontem (7), na Rua Cordeiro, Conjunto Maiobão – município de Paço do Lumiar. No carro em que ele estava, havia três chaves-micha, dispositivos usados para abrir portas sem a chave original.

Conhecido como “Dandão”, ele ocupava um veículo Renault Symbol, de placa NIN-9306, que ele disse pertencer à mãe do seu filho, sendo detido pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por volta das 10h30. Os militares apreenderam as chaves-micha, e, ainda, U$ 14 dólares, e alguns cartões de crédito e bancários em nome de prováveis vítimas do suspeito.

Segundo o delegado Thiago Dantas, adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), os policiais também recolheram um fio de nylon, que seria utilizado para arrombar carros que não têm pinos. Cabe frisar que o Renault Symbol continha, na parte externa, um adesivo com o brasão da Polícia Civil, o que é proibido, sendo considerado uma contravenção penal. Nos sistemas policiais, disse o delegado, encontraram quatro registros de ocorrências referentes a arrombamentos em desfavor de “Dandão”.

Dantas complementou dizendo que o conduzido, a qualquer momento, pode ter uma sentença condenatória por furto emitida pela Justiça, sendo que o processo já passou em duas instâncias. Por não ter contra si mandados de prisão em aberto, José Raimundo – que seria morador da Liberdade, em São Luís – teve de ser liberado, mas responderá por duas contravenções penais, concernentes ao uso de símbolo da Polícia Civil no carro e por ser flagrado com chaves-micha. (NM)