A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), iniciará nesta quarta-feira (1º de junho), o processo de atualização cadastral para beneficiários de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Benefício de Prestação Continuada (BPC). Na capital maranhense mais de 30 mil pessoas precisarão fazer recadastramento que será dividido em oito grupos, com prazos diferentes. O período de recadastramento vai de junho de 2016 a março de 2017. Quem não realizar o recadastramento poderá ter o benefício cancelado.

Para atender a demanda a Semcas terá seis postos de atendimento em São Luís. A titular pasta, Andreia Lauande, explica a estratégia organizada pela Secretaria para atender aos beneficiários. “Por determinação do prefeito Edivaldo, nós descentralizamos o atendimento para dar celeridade ao processo e atender melhor aos beneficiários. Além da sede da Semcas aqui no Anel Viário, nós teremos mais o cinco Centros de Referência de Assistência Social (Cras) com capacidade para realizar o recadastro”, esclarece a secretária.

Outra medida adotada pela Semcas é a triagem dos beneficiários. Além da sede, os 20 Cras estão aptos a acessar o sistema para fazer esta consulta. “É muito comum sermos procurados por quem não precisa fazer o recadastramento. A triagem serve para checarmos se há ou não esta necessidade. Por isso, é importante lembrar que o beneficiário recebe o aviso por meio do extrato do banco e de uma carta enviada pelo Governo Federal”, conclui o coordenador do Bolsa Família em São Luís, Cristiano Pereira. O atendimento na Semcas será das 7h às 18h e a entrega das senhas até as 16h.