Sessão irá homenagear o Jornal Pequeno pelos seus 65 anos na próxima quinta-feira, 2 de junho|Ag. AssembleiaSessão irá homenagear o Jornal Pequeno pelos seus 65 anos na próxima quinta-feira, 2 de junho|Ag. Assembleia

Deputados estaduais se manifestaram em sessão da Assembleia Legislativa para parabenizar a passagem dos 65 anos de fundação do Jornal Pequeno. Os parlamentares destacaram a importância do matutino, conhecido popularmente como “Órgão das multidões” e aprovaram pedido de Eduardo Braide (PMN) para realização de uma sessão solene em homenagem ao JP, que ocorrerá no dia 2 de junho.

Os deputados também aprovaram um requerimento de autoria de Braide com mensagem de aplauso e congratulação aos dirigentes e profissionais que fazem o jornal. O JP foi fundado pelo saudoso Ribamar Bogéa e hoje é dirigido pela matriarca Hilda Bogéa e seus filhos.

Durante sua Fala, Eduardo Braide destacou que o jornal é pequeno apenas no nome, mas é grande na sua honra e na forma de apresentar as notícias ao longo desses 65 anos, sendo um importante instrumento de comunicação do Maranhão. “O Jornal Pequeno tem a nossa admiração pela sua forma combativa e legítima de apresentar as notícias. Parabéns a toda equipe. Tenho certeza de que só quem ganha é o nosso estado com o trabalho belíssimo que vem fazendo nos últimos 65 anos”, pontuou Eduardo Braide.

O deputado Levi Pontes (PCdoB) afirmou que o Jornal Pequeno sempre foi um jornal de conduta única, apartidário e que tenta colocar as notícias à luz da verdade, por isso é um dos mais lidos no estado. “Ficam aqui as nossas homenagens e parabéns a toda a sua equipe. Espero que mantenha sempre esta conduta de imparcialidade, de honestidade, de clareza e sempre com o desejo de ajudar a democracia”, enfatizou.

Por sua vez, Edilázio Júnior (PV) destacou o carinho que tem pelos dirigentes do jornal e afirmou acreditar que a sessão de homenagem ao JP será bastante prestigiada. Já Othelino Neto (PCdoB) lembrou que todos os grandes episódios que marcaram a história do Maranhão foram devidamente registrados pelo Jornal Pequeno. Ele destacou que, ao longo dos anos, o jornal foi crescendo em importância e se afirmando na história do Maranhão. Também afirmou ter uma ligação familiar com o jornal: o seu avô escreveu a coluna “Na Liça”; seu pai também trabalhou no matutino e ele, por algum tempo, fez uma coluna para o jornal.

Othelino disse que o Jornal Pequeno, até hoje, ainda sofre porque vários são os processos movidos pelos antigos mandões do Maranhão que foram responsáveis por prejuízos inúmeros ao Jornal Pequeno, que teve inclusive o seu patrimônio, muitas vezes, comprometido por conta dessas ações. “Apesar de todas essas dificuldades, hoje o jornal, sob a presidência de dona Hilda Bogéa com a direção dos filhos e agora com a terceira geração militando também no jornalismo – cito o exemplo do Vinícius Bogéa – segue contribuindo com a história da imprensa livre no Maranhão”, frisou.

Rafael Leitoa (PDT) destacou que o JP contribuiu para a democratização do estado do Maranhão pela informação que leva a cada cidadão e pelo serviço prestado, inclusive, para a Assembleia Legislativa, com a divulgação das ações dos parlamentares. “É um veículo importante de comunicação do Estado e, com certeza, continuará da mesma forma com a dinâmica imparcial que trata os fatos e de maneira incisiva nas conquistas e nas lutas do povo maranhense”, apontou.

O deputado Wellington do Curso (PP) também parabenizou a equipe do Jornal Pequeno. “Que possa permanecer viva essa história de 65 anos. A população é que agradece ao grande Jornal Pequeno”.

A deputada Andrea Murad (PMDB) destacou sua reverência ao jornal, mesmo que às vezes discorde de algumas publicações. “Quero parabenizá-los por toda a trajetória. E, independentemente de lados políticos, opostos ou não, é um jornal que faz a diferença na vida dos maranhenses. Desejo toda sorte, sucesso e que tenha mais uma longa trajetória para a gente estar lendo e aplaudindo ou também ficando, às vezes, até com raiva de algumas coisas. Mas o jornalismo, a comunicação é isso. Parabéns ao Lourival, à dona Hilda. Desejo sucesso e toda felicidade”, pontuou.