Uma das propostas do Plano de Governo já apresentadas pelo pré-candidato Flávio Dino visa retirar milhares de famílias maranhenses da situação de extrema pobreza. Por meio das redes sociais, ele defendeu, ontem, a criação do Cartão Material Escolar pelo Maranhão. O recurso serviria para a compra de material escolar por pais de alunos da rede pública.

A proposta incorporada ao Programa de Governo garante, além dos repasses mensais do Bolsa Família, a concessão do 13° benefício. “No mês de janeiro de cada ano, cada beneficiário do Bolsa Família, que tenha filho matriculado em escola pública, receberá uma parcela a mais do benefício, destinada exclusivamente à aquisição de material escolar”, explicou Dino. Além de estimular crianças e adolescentes a aprenderem mais, de forma digna, irá movimentar livrarias e papelarias em todo o Maranhão, implicando a geração de empregos em micro e pequenas empresas.

O programa já foi testado no Distrito Federal. Segundo Flávio Dino, esse programa integraria o Mais Bolsa Família, série de ações para complementar o valor recebido pelo programa federal de transferência de renda. Atualmente, metade da população maranhense é beneficiária do Bolsa Família.

Testado em Brasília – O programa já existe no Distrito Federal, onde atende mais de 130 mil alunos da rede pública. Além de garantir a melhora das condições de estudo para milhares de crianças e adolescentes, o programa movimenta o comércio local. O programa foi destaque na imprensa nacional e recebeu elogios do setor empresarial.