Por Waldemar Terr :::: Repórter de Política
Blog: wter.blog.uol.com.br – E-mail: [email protected]

Perto da guilhotina
O prefeito da Raposa, Onacy Paraíba, vai ser ouvido hoje na comarca de Ribamar, no processo que responde junto à Justiça Eleitoral a acusação de abuso de poder econômico por ter sido gravado oferecendo-se para pagar financiamento de uma moto de um eleitor.

Derrota
Mesmo enquanto vê a guilhotina se aproximar do seu pescoço, o prefeito da Raposa tentou barrar sem sucesso liminar na qual o juiz Jaime Vicente de Araújo determina que ele envie para a Câmara, para que fique a disposição dos vereadores e da população, cópia da sua prestação de contas referente ao ano de 2005.

A desembargadora Cleonice Silva Ferreira devolveu ao juiz o recurso através do qual Paraíba tentava fugir do que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e agora a oposição caminha para abrir processo de cassação dele por descumprimento da LRF.

No Maranhão
O ministro da Educação, Fernando Hadad, vem ao Maranhão na quarta-feira fazer o lançamento das ações do Programa de Desenvolvimento da Educação, que acontecerá às 15 horas no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, e à noite abrirá o 11º Fórum Nacional da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Prazo do Enem
As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio podem ser feitas até sexta-feira em todas as escolas da rede estadual de ensino.

Novo comando
O diretório de São Luís do PSB agora é presidido pela ex-secretária estadual de Saúde, Helena Duailibe, esposa do deputado estadual Afonso Manoel, também do PSB.

Escola em Icatu
A Unidade Integrada Ana Flávia Pereira da Silva, em Icatu, foi a segunda unidade educacional de ensino médio inaugurada pelo governador Jackson em apenas cinco meses de governo, e até agosto serão entregues outras 40 novas unidades.

Fortalecimento
O presidente do PSDC maranhense, Antônio Aragão, afirma que prepara o partido para disputar sozinho as eleições municipais do próximo ano onde for possível e fazer coligação em outras localidades.

Aragão conta que o objetivo é fortalecer o partido em todo Estado.

Luz para todos
O secretário de Minas e Energia do Estado, Ricardo Ferro, recebeu na semana passada a prefeita de Miranda do Norte, Áurea Maria, quando ficou sabendo que sete povoados de seu município aparecem como atendidos pelo Luz para Todos, mas não é verdade.

Ferro afirmou que entrará em contato com o comitê gestor do programa, do qual a secretaria faz parte, para averiguar a veracidade do fato e a possível solução.

Duro na queda
O mundo está desabando sobre a cabeça do coordenador estadual do Luz para Todos, Luiz Adriel, mas ele faz de canta que não é nem com ele, mas vem aí mais chumbo grosso.

O troco
O prefeito de Cururupu, José Pestana, que na eleição para deputado fez fazer fila de candidatos que prometeu apoiar, preferiu ficar com o deputado Alberto Franco (PSDB), mas agora pode levar o troco.

O parlamentar quer lançar lá o próprio irmão, Júnior Franco, como candidato a prefeito.

Mangabeiras
O empresário Francirmar Carvalho, pré-candidato a prefeito de São Raimundo das Mangabeiras, deverá se filiar ao PDT para concorrer.

Carvalho negocia com os partidos de oposição no município uma candidatura de consenso.

Metropolização
O secretário de Assuntos Metropolitanos de São Luís, Francisco Chaguinhas, conta que está trabalhando na articulação da implantação da região metropolitana na Ilha, em contato com prefeitos, vereadores e a comunidade em geral.

Portal de ouro
Vale a pena repetir que a ferramenta que o eleitor não deve deixar de utilizar é o portal da CGU (www. portaldatranparencia. gov.br) se quer saber como anda a aplicação dos recursos recebidos pelos municípios e até se parentes de prefeito e vereadores estão na lista de beneficiados pelo Bolsa Família, além dos famosos convênios federais.

Ta tudo lá, com cada centavo liberado.

…:: VALE A PENA VER DE NOVO ::…

DE PRIMEIRA

O Maranhão e a “caveira de burro”

A despeito dos (dês) governos que o Maranhão teve até a primeira metade dos anos 60, a nossa população desenvolveu um processo acentuado de baixa auto-estima.

Qualquer sinal de avanço, de progresso, era recebido com desânimo e pessimismo, sob a alegação  desalentadora de “isto não é pra cá, para o Maranhão”, e tal desesperança e abatimento acabava, por sugestão ou coincidência, não dando certo, reforçando-se ainda mais o mito arraigado no espírito público de que o Maranhão tinha, de fato, a malfada “caveira de burro”.

Tal qual a alma penada de Ana Jansen, que assombrava as ruas do centro histórico de nossa São Luís, o mito da “caveira de burro” foi se robustecendo no  inconsciente coletivo de nossa população.

A origem desta crendice, de natureza incerta, bem que poderia ser corroborada pelo fato verídico de os restos mortais de Joaquim Silvério dos Reis (ele mesmo, o traidor dos inconfidentes mineiros) está enterrado em São Luís; precisamente na Igreja de São João. No entanto, as sucessivas reformas realizadas por religiosos alheios à nossa História destruíram o túmulo que ficava no ossuário, à esquerda de quem adentra o templo.

Joaquim Silvério dos Reis chegou ao Maranhão e faleceu em nossa capital em 17 de fevereiro de 1819.

Eis, aí, um bom motivo para reforçar o mito da “caveira de burro”.

A contribuição é do Auditor da CGU/MA,  Welliton Resende.

FRASE DA SEMANA

Chefe da pizzaria

“Chamar a moça para quê? Para fofocar?”

Do senador Cafeteira, a quem caberá assar, como relator, a pizza que livrará o presidente do Senado, Renan Calheiros, por pagar pensão a uma ex-amante com dinheiro de empreiteira.